G4 Liga para você

Deixe seu nome e telefone nos campos abaixo e ligaremos para você.

Aguarde,
solicitação em andamento
Solicitação Enviada

Não cometa estes erros em sua estratégia de Gerenciamento de Projetos

Publicado em
Conheça os erros mais comuns dos gerentes de projetos e saiba como evitá-los.

Gerenciar projetos dentro de uma empresa não é uma tarefa fácil. Além de exigir extrema organização e comunicação, diversos fatores devem ser levados em conta para que um projeto seja bem executado. A tarefa de gerenciar projetos e atividades exige do profissional extrema organização e clareza de ideias, pois os recursos devem ser utilizados de maneira inteligente.

Muitos gerentes falham em seus projetos por não prestarem atenção a fatores fundamentais que podem passar despercebidos. Reunimos os principais erros cometidos por gerenciadores de projetos para que você fique atento e saiba como evitá-los.

  • Definir prazos e objetivos inalcançáveis

Para que haja o planejamento de um projeto, é necessário ter um objetivo definido. Todo projeto precisa de metas a serem atingidas baseado nos recursos disponíveis, com prazos definidos. Através desses fatores, o gerente de projetos deve organizar seu projeto de maneira que ele consiga encaixá-lo no que tem a seu dispor.
Ou seja, o profissional deve definir seus objetivos baseados em prazos reais, em que toda equipe tenha tempo para planejar, organizar e desenvolver um projeto de qualidade. Prazos pequenos para grandes projetos é um erro muito comum e que pode ser evitado. Destine tempo suficiente para que as tarefas sejam realizadas com qualidade e alcance seus objetivos.

  • Falta de comunicação entre a equipe

A realização de um projeto geralmente envolve mais de uma pessoa e a falta de comunicação entre os membros da equipe atrapalha o desenvolvimento do projeto. Para que uma atividade tenha andamento no prazo definido, é necessário que todos os envolvidos estejam por dentro de todas as etapas e de tudo que está em andamento. Dessa forma, todos sabem como e quando agir.
​Para resolver o problema de falta de comunicação, o responsável pelo projeto deve planejar a comunicação antes de iniciar as atividades. Ele precisa definir as atividades designadas para cada membro, como eles se comunicarão entre si e como será a comunicação externa. Além disso, é necessário que todos tenham espaço para negociar, dar ideias, sugestões e tirar dúvidas. O gerente de projeto deve saber falar bem, mas também deve saber ouvir. É necessário uma equipe unida em que o gerente de projeto executa a tarefa de líder e não apenas de chefe.  

  • Não gerenciar riscos

A gestão de riscos é uma tarefa fundamental, mas muitas vezes é esquecida pelos gerentes de projetos. Ao se iniciar um projeto, durante a fase de planejamento, é necessário calcular os riscos aos quais o projeto está submetido, estando atento a situações que podem ocorrer e sair do controle. Além disso, durante a execução do projeto, o gerente também deve ter o controle e atualização dos riscos que podem surgir. Dessa forma, caso algo não saia como planejado, o profissional já saberá como agir, maximizando o tempo e minimizando as perdas.

  • Ignorar problemas e erros

No desenvolvimento de projetos, pequenos erros podem ter consequências enormes no resultado final, assim como ignorar problemas podem apenas agravá-los. Para que isso não ocorra, o profissional deve ficar atento ao andamento de todo o projeto, buscando sempre lidar com essas situações da melhor maneira possível, sem ignorá-las.
É difícil encontrar um projeto onde tudo saiu como o previsto e não ocorreram problemas. Mas ao mesmo tempo, também não é difícil encontrar projetos onde o gerente conseguiu identificar erros e conseguiu resolver ou evitar problemas.

O importante é que o profissional fique sempre atento a todas as etapas, pois o planejamento e controle são os responsáveis pelos melhores resultados.


Texto por: Maria Fernanda Candian

Instituto G4